Notícias  
Abril Especial para a Comunidade
 

IBIRAPUERA

Uma festa cívica aconteceu no Parque do Ibirapuera, frente ao monumento a Pedro Álvares Cabral. O Dia da Comunidade Luso-Brasileira e do Descobrimento do Brasil foram devidamente comemorados na manhã do domingo de 22 de abril, numa iniciativa do Conselho da Comunidade Luso-Brasileira do Estado de São Paulo – CCLB e que contou como orador, o presidente da Federação das Câmaras Portuguesas no Brasil, Nuno Rebelo de Sousa. O orador enfatizou o papel dos portugueses no Brasil: “todos os portugueses que aqui chegaram sempre foram corajosos e desbravadores, formando nossa comunidade.

Vale ressaltar que hoje a onda de imigração se inverteu, pois há um fluxo grande de brasileiros viajando e até se estabelecendo em Portugal”. Sousa disse que está acontecendo uma redescoberta entre Brasil e Portugal. “Pois não há um brasileiro que não goste de Portugal”, concluiu. Por sua vez, o presidente do Conselho da Comunidade Luso-Brasileira do Estado de São Paulo, Manuel Magno Alves, fez considerações sobre a importância do 22 de abril, dizendo que os portugueses que aqui chegaram criaram seus negócios e fizeram prosperar muitas regiões brasileiras, cooperando assim para o engrandecimento deste país. “Esta miscigenação fez acontecer a raça brasileira”, exaltou o presidente.

Significativa parte da comunidade e autoridades estiveram presentes a este tradicional ato cívico que acontece todos os anos, e que além de enaltecer o 22 de abril, homenageia todos os portugueses e seus descendentes. A cerimônia contou com a presença de Antonio de Almeida e Silva, assessor especial da presidência do CCLB, do deputado federal Arnaldo Faria de Sá e do cônsul geral adjunto de Portugal em São Paulo, além da apresentação do Rancho Folclórico Pedro Homem de Melo e da Banda da Polícia Militar.

CÂMARA MUNICIPAL

Na Câmara, foi na noite de 24 de abril em que toda a comunidade reviveu o “seu dia” e plena de homenagens àqueles que deram muito além de sua contribuição para nossa sociedade.

Em seu pronunciamento, o presidente do Conselho da Comunidade Luso- Brasileira do Estado de São Paulo, Manuel Magno Alves ressaltou a importância da chegada de Pedro Álvares Cabral com sua frota de naus e caravelas e exaltou que no decorrer de pouco mais de cinco séculos, milhares de portugueses também singraram os mares e aqui se instalaram, atuando nos mais diversos segmentos, compondo uma comunidade que hoje, em número de portugueses, só fica atrás das cidades de Lisboa e Porto.

“A identidade cultural e histórica destes povos deu lume a Lei 5.270, de 22 de abril de 1967, a partir do projeto de lei do senador Vasconcelos Torres, que instituiu o Dia da Comunidade Luso-Brasileira a ser comemorado em todo território nacional”, discursou o presidente.

Enfatizou que a “nossa comunidade tem trabalhado ano após ano, para fazer com que as comemorações pertinentes se realizem, não sem um esforço hercúleo das lideranças de nossas casas regionais e seus bravos integrantes, para mostrar a toda a gente desta grande nação que os acolheu, o sentimento de cidadania e orgulho por suas datas máximas”.

Concluiu o presidente do CCLB: “ao fim e ao cabo, devemos todos ter a certeza de que festejar o dia da Comunidade Luso-Brasileira não é um simples dever, mas sim uma homenagem àqueles que, com seu trabalho, seu suor e suas ações contribuem, diariamente para o engrandecimento deste país chamado Brasil. Viva Portugal! Viva o Brasil”.

Na oportunidade, além do presidente Manuel Magno Alves e do vereador Toninho Paiva, a mesa esteve composta pelo cônsul geral de Portugal em São Paulo, Paulo Lourenço, Antônio de Almeida e Silva, Oscar Ferrão, Antero José Pereira, Fernando Ramalho, Nuno Rebelo de Sousa, Jorge Morais, e dra. Berta Lumes.

Houve apresentação de fados com a artista Adélia Pedrosa e da Banda Municipal da Guarda Civil Metropolitana.

Durante a cerimônia, algumas personalidades da comunidade foram homenageadas pela Câmara Municipal de São Paulo e pelo Conselho. Foram:
Adriana Castro
Ana Vitória
Arthur Taveira
Dra. Clélia Pinto
Antonio Carlos
Albino Vieira
Adélia Pedrosa
José Soares Lopes
Lucas Gabriel Loureiro
Tite Muller
Luiz Martins.

 
« Voltar