Notícias  
Viva o Centenário da Portuguesa
 

Sempre é bom recordar um pouco da história da Portuguesa que na manhã do dia 14 de agosto, realizou o ato solene em comemoração ao centenário de fundação do clube no Átrio Cívico do Canindé. Na sequência, foi realizada uma solenidade restrita no Salão Nobre do Canindé, atendendo a todos os protocolos de saúde, por ocasião destes tempos de pandemia. Esse evento foi transmitido nas redes sociais do clube e teve, além dos parabéns, o tradicional corte do bolo.

O ato contou com presenças ilustres, como representante da Prefeitura de São Paulo, da Câmara Municipal, o Cônsul de Israel em São Paulo Alon Lavi, o Presidente do Conselho da Comunidade Luso-Brasileira do Estado de São Paulo, Manoel Magno e demais autoridades e componentes do corpo diretivo do clube. Por outro lado, essa foi apenas uma das ações realizadas pela agremiação na data do centenário quando então foi exibido o filme ‘Lusitanos – O Centenário da Portuguesa’, que conta a história da Lusa. A transmissão foi exibida pelo facebook do Netlusa.

Vale lembrar que a Associação Portuguesa de Desportos (inicialmente Associação Portuguesa de Esportes) foi fundada no dia 14 de agosto de 1920, a partir da fusão de cinco clubes portugueses da cidade de São Paulo: Luzíadas Futebol Club, Associação 5 de Outubro, Esporte Club Lusitano, Associação Atlética Marquês de Pombal e Portugal Marinhense. A data remete à Batalha de Aljubarrota, quando Portugal tornou-se independente da Espanha em 1385.

Em 1956 foi adquirido o terreno do Canindé, dando início ao sonho de construção de um estádio próprio, que seria concretizado em 1972, com a inauguração do Estádio Independência, atual Dr. Oswaldo Teixeira Duarte, o famoso Canindé em janeiro daquele ano, em partida realizada contra o Benfica (POR). Craques continuaram desfilando com a camisa lusa, entre eles Ivair, Orlando, Ditão e Félix na década de 60, e Enéas, Badeco, Cabinho e Basílio, heróis do título paulista de 1973.

A Portuguesa também começou a se desenvolver em outras modalidades: hóquei, ciclismo, atletismo, natação, vôlei, basquete e boxe foram alguns dos esportes que ganharam relevância ao longo dos anos. Já devidamente instalada no Canindé, a Lusa manteve sua tradição de revelar grandes jogadores, como Edu Marangon, Dener, Zé Roberto e Rodrigo Fabri. Do time inesquecível dos anos 1990, que chegou à final do Campeonato Brasileiro em 1996, passando pela Barcelusa de 2011, que encantou o Brasil na conquista da Série B de 2011 até 2020, quando são completados 100 anos de fundação, uma história gloriosa e centenária que continua a ser escrita. Hoje disputa a Série A-2, segunda divisão paulista.

Fonte: Portal da Portuguesa

 
« Voltar