FOLCLORE
 
Grupo Folclórico da Casa de Portugal de São Paulo
 

A Casa de Portugal de São Paulo foi fundada no dia 13 de Julho de 1935 por portugueses e luso-brasileiros de grande destaque daquela época e que se reuniram com a finalidade de criar uma associação que os representasse.

Criada com a intenção de servir como uma instituição de apoio e assistência à Comunidade Portuguesa daquela época, desde o princípio estabeleceu um acordo de cooperação com a Beneficência Portuguesa de São Paulo. Depois de curto período dedicada a sua implantação e fortalecimento, logo passaria a atuar como “Casa Mãe”, na defesa da língua portuguesa, assim como na divulgação dos valores e das tradições herdados dos nossos antepassados, além da prestação dos serviços em caráter assistencial e social.

O projeto do atual edifício da Casa de Portugal é de autoria do arquiteto Ricardo Severo, sócio do escritório de arquitetura de Ramos de Azevedo e autor de dezenas de projetos de grande impacto na cidade de São Paulo e do Teatro Municipal, inaugurado em 1956 ainda por ocasião das comemorações do quarto centenário da fundação da cidade de São Paulo.

Desde a sua fundação, a Casa de Portugal de São Paulo tem se afirmado como uma instituição representativa da Comunidade Luso-Brasileira e é referência na área da promoção cultural, buscando parcerias que possam dar visibilidade ao intercâmbio luso-brasileiro.

Assumiram a presidência da Casa de Portugal portugueses de grande representatividade e destaque na sociedade brasileira, sendo seu atual presidente Antonio dos Ramos, cargo que ocupa há 26 anos, o que tem permitido que a instituição faça parte do acervo cultural da cidade de São Paulo e a sua atuação seja integrada na vida sócio-cultural da sociedade paulista e paulistana.

No edifício sede da Casa de Portugal funcionam também o Conselho da Comunidade Luso-Brasileira do Estado de São Paulo e a Provedoria da Comunidade Portuguesa, unindo-se à Casa de Portugal na tarefa de evidenciar a presença portuguesa no Brasil e estreitar os laços históricos, culturais, comerciais e econômicos existentes entre Brasil e Portugal.

A Casa de Portugal dispõe de um patrimônio que ressalta a tradição e a preservação da presença dos portugueses em São Paulo.

 

Grupo Folclórico
Fundado em 10 de Outubro de 1973, com o objetivo de divulgar o Folclore Português ao povo brasileiro e manter vivas as tradições da pátria Mãe junto aos imigrantes, objetivo o qual, mais tarde, foi estendido aos Lusos Descendentes e, destes, para seus amigos próximos e brasileiros, transformando o Grupo Folclórico num local de integração onde os Luso Descendentes ou não, bailam lado a lado, com o mesmo garbo e entusiasmo, um Vira do Minho, um Fandango do Ribatejo ou um Corridinho do Algarve. É dirigido atualmente pelo presidente da Casa de Portugal Antonio Ramos e dois diretores/ensaiadores Ernesto Lemos e Ernesto Augusto Ramalho.

Trajes
É um dos Grupos Folclóricos mais antigos de São Paulo com atividade ininterrupta, preservando a autenticidade de seus trajes, possuindo um guarda-roupa com mais de 127 peças, o que demanda um árduo trabalho de manutenção e reposição, assegurado pelo próprio Grupo, na sua maioria peças de Viana do Castelo (Minho) considerada a capital do folclore em Portugal.

• 32 Trajes femininos (Lavadeiras de Luxo) Minho – (Viana do Castelo) Norte de Portugal
•12 trajes de noivas do Minho Minho – Norte de Portugal
• 6 trajes de mordomas – trajes do século XVII, bordados manualmente com pedrarias. Minho – Norte de Portugal
• 42 Trajes Variados Minho – (Viana do Castelo) Norte de Portugal
• 35 Trajes Variados

Representando as várias regiões de Portugal incluindo a Ilha da Madeira e a região autônoma dos Açores.
Composto atualmente por 48 entre dançarinos, músicos (tocata) e apoio. Numa formação completa, as apresentações podem ter duração de 30 minutos a 1 hora e 30 minutos, constituindo-se num show muito alegre, dinâmico, colorido e participativo junto ao público. Apresentando o que há de mais representativo no folclore de norte a sul de Portugal, podendo ainda, propor aos espectadores a participação num autêntico arraial português, através de um animado “vira livre”.

Viagens:
Já fez apresentações em praticamente em todos os estados brasileiros e deslocou-se a Portugal apresentando-se no país mais de cinco vezes.
O Grupo Folclórico da Casa de Portugal de São Paulo é a atração artística sob medida para comemorações cívicas, aniversários de cidades, espetáculos ao ar livre, ações beneficentes, programas e anúncios de televisão, festas das nações, festas portuguesas etc. O que garantiu ao Grupo Folclórico apresentações em praticamente todo território brasileiro.

Apresentou-se nos principais programas de televisão Brasileira:

Programas de Televisão:

  • Ana Maria Braga
  • “Estrelas” | Angélica
  • Vídeo Show - Fantástico
  • TV Mulher
  • Novela “As Pupilas do Senhor Reitor”
  • SBT Repórter
  • Programa Hebe - Domingo Legal
  • Programa Especial de Aniversário de SP
  • ”É O SHOW”
  • Olga Bongiovanni
  • Programa Roberto Leal
  • Rede Vida Visita
  • Vida Melhor
  • Programa - Comunidades Marilu Torres
  • Matéria sobre o país Portugal
  • Lançamento da novela “Os Imigrantes”
  • Programa “Mulheres”

Discografia
Com 05 CDs gravados com a denominação de “Canta Meu Povo” e 1 DVD gravado ao vivo durante a Festa da Vindima em 2008 na própria Casa de Portugal. Encontra-se em fase de conclusão o seu 6º CD. O Grupo Folclórico da Casa de Portugal é reconhecido como um dos melhores do Brasil, apresentando, com sua experiência e seu rico repertório, um programa variado de forma a dar a seu público um programa completo, alegre e intenso com o que há de melhor no colorido e contagiante folclore de Portugal.

 
VÍDEOS
 
 
 
 

Grupo Folclórico da Casa de Portugal
Diretor e Ensaiador: Ernestinho
Av. Liberdade, 602 - 01502-001 São Paulo SP
Tel: 5061-0227 / 5055-2126 fax: 3342-2104/3209-9338
casadeportugalsp@casadeportugalsp.com.br